Roupas de Bebê para o Verão 2020

roupas de bebê verão

Sabemos que os bebês têm uma pele mais sensível e delicada comparado aos adultos e independente da época do ano, calor ou frio, é preciso tomar muito cuidado utilizando roupas e tecidos adequados, com costuras que não machuquem, que facilitem a movimentação, etc. No verão, os cuidados devem ser redobrados, visto que os pequenos sofrem mais com o calor do que crianças maiores, sendo necessário além de roupinhas, também mantê-los hidratados e evitar passeios em lugares com muita exposição solar.

Contudo, sabemos que isso nem sempre é possível, visto que é muito comum surgir viagens e passeios nessa época do ano. Por isso, hoje vamos falar sobre as melhores roupinhas de verão para seu bebê.

Quais os tecidos mais indicados?

Os tecidos mais indicados para qualquer pessoa, mas principalmente para os bebês são aqueles naturais. Isso porque, tecidos 100% algodão são antialérgicos e mais fresquinhos, permitindo que a pele respire além de serem mais confortáveis e facilitar o movimento dos pequenos. Além disso, eles não possuem a capacidade de autorregulação da temperatura corporal bem desenvolvida, sendo necessário utilizar tecidos que facilitem esse processo.

Os tecidos 100% algodão promovem a transpiração, não deixando o suor grudado no corpo do seu bebê. Com isso, é possível evitar irritações, alergias e brotoeja, aquelas bolhinhas que surgem quando o suor não é eliminado, seja pelo uso de roupas apertadas, excesso de peças ou até mesmo tecidos inadequados.

Como falado, o algodão permite que o bebê se movimente com maior facilidade, visto que é macio e possui boa elasticidade. Além do movimento, essa elasticidade facilita o seu dia a dia na hora de vestir o pequeno, visto que ele ainda não possui autonomia e precisa que você passe a roupinha por todo o seu corpo. Sendo assim, tecidos mais rígidos exigem maior esforço e tornam a troca uma verdadeira luta com seu pequeno.

No entanto, não pense que apenas o algodão tradicional é capaz de promover todos esses benefícios. A malha, suedine e moletinho, quando são 100% algodão, também podem ser utilizados tranquilamente. Todas as peças produzidas com esses tecidos são super fresquinhas e ideais para utilizar durante o verão. É importante reforçar que mesmo o Suedine e o moletinho sendo mais grossos que a malha, eles ainda podem ser utilizados nessa época, visto que ainda assim facilitam a transpiração de seu pequeno e são antialérgicos.

Como vestir o bebê no verão

Bom, agora que você já entendeu sobre os tecidos e sabe que deve sempre procurar aqueles 100% algodão, é hora de falar sobre as melhores peças para seu pequeno curtir muito essa estação.

Primeiro, é importante reforçar que muitos pais tendem a agasalhar demais os pequenos, mesmo no verão, sendo um erro que pode prejudicar seu dia. Nessa época do ano, o ideal é que eles utilizem roupas para bebê leves e frescas, assim como a dos pais, e em alguns casos podem ficar somente com a fralda.

No verão, o bebê deve utilizar peças básicas que propiciem conforto e proteção para sua pele, como macacão, body, regata, camisetas, shorts e até mesmo jardineiras e vestidos.

O macacão pode ser utilizado durante a noite se a temperatura baixar e na hora de dormir optar sempre pelo pijaminha. Contudo, durante o dia, o macacão curto e com abertura frontal podem ser essenciais para seu pequeno ficar fresquinho e se movimentar bastante. Além disso, o body de bebê é uma peça coringa, podendo ser utilizado sozinho e se quiser dar mais charme é possível encontrar o body saia que fica uma graça. Os que possuem botões na parte da frente e na parte inferior são os mais indicados, visto que facilitam a troca dos pequenos.

Já as regatas e camisetas com tecidos 100% algodão são peças essenciais para a mala do bebê. Isso porque, elas são super versáteis e fresquinhas, e caso a temperatura aumente os pequenos continuam frescos e protegidos.

Dicas de cuidados com o bebê no verão

Se for o seu caso, saiba que os bebês não podem utilizar repelentes até os 6 meses e por isso, o ideal é colocar mosqueteiras no berço e carrinho, além de utilizar macacões de manga longa para protegê-los.

Sabemos que pode ser difícil, mas evite ficar com seu bebê, principalmente se for recém-nascido, em ambientes com ar condicionado. Opte por ventiladores, mas posicione-os de forma que o vento não atinja a criança diretamente. Caso não seja possível utilizar o ventilador, verifique se o ar condicionado está com a limpeza dos filtros em dia, para que, além de manter a temperatura agradável, ele não sofra com poeira e alergia.

Com todas essas dicas você e seu pequeno irão conseguir aproveitar essa época do ano de forma divertida e sem probleminhas, como alergias ou brotoeja. Lembre-se de que o conforto e proteção caminham juntos, por isso fique de olho em suas reações para trocar sua roupa, caso necessário.

Leia Também:

O que é preciso para abrir uma confecção de roupas?

Imagem padrão
Maria J. Vilich

Deixar uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.